sexta-feira, 29 de novembro de 2013

Lançamento do Livro - Reflexões


segunda-feira, 7 de outubro de 2013

Aprendendo a amar com o Deus de amor - Culto Santa Ceia

“No teu templo, ó Deus, meditamos em teu amor leal. “
Salmos 48:9

Os cristãos do período apostólico que participavam de uma mesma igreja local, tinham o costume de reunir-se pelo menos uma vez por semana para comerem juntos e durante a refeição celebrarem a Ceia do Senhor. Esse costume teve sua origem no fato que o Senhor Jesus instituiu o sacramento durante uma refeição com seus discípulos, (ver Mt 26.17-30; Mc 14.22-24; Lc 22.19-20; Jo 13.1-4).
Aparentemente o alvo dos “ágapes” era a comunhão cristã, o compartilhar de alimentos entre os mais pobres e especialmente, lembrar-se do Senhor Jesus e participar espiritualmente da sua morte e ressurreição pelo pão e pelo vinho.
A igreja apostólica em Jerusalém seguiu o exemplo, de forma que o “partir do pão" se dava num ambiente em que as refeições eram tomadas em comum (At 2.42-47; ver 20.7).
Eventualmente, essas refeições comunais que vieram a ser conhecidas como “ágape”, da palavra grega para “amor”, tornou-se uma prática regular nas igrejas cristãs espalhadas pelo mundo. Judas se refere a elas em sua carta como “festas do amor (fraternidade)” (Jd 12; 2 Pe 2.13).
Portanto estamos aqui novamente na festa do amor e em falar de amor pensamos nele pois Ele é amor.
Imprecionante que quem define Deus como amor foi exatamente o discípulo que Ele mais amou, João, João sabia o que era ser amado pelo mestre tanto que disse: DEUS É AMOR.
E o que é o AMOR?
Diferente de gostar. Amar não é gostar. Gostar passa, mas o amor permanece para sempre. O gostar pode-se deixar de gostar, mais o amor nunca diz: Deixei de te amar.
·         Quem ama inclui o outro no seu projeto de vida, ou seja, quer que o outro participe de sua vida integralmente. É por isso que quando amamos alguém, procuramos esta pessoa para compartilhar nossas alegrias e tristezas.  Quem ama quer compartilhar com a pessoa amada.
·         Quem ama consegue ver o melhor do outro. Mesmo havendo defeitos, mas foca nas virtudes. Consegue ver o melhor do outro.
·         Quem ama crer na pessoa amada. Não suspeita mal.  Aquele que tem amor, evita pensar mal dos outros.    Quem ama cuida de ferir com suas palavras, preserva o coração do outro. Quem ama prefere esperar em Deus qualquer mudança, não sufoca com tantas cobranças repetitivas. O que mais maltrata uma relação é o TEM QUE... quem ama sente a ausência do outro, mas sem acusações.
·         O amor é a lapada que clareia o escuro. O amor traz luz nas trevas. Transforma o que não tinha vida em vida. O amor é o combustível da esperança. No amor entendemos que o outro é o que eu sou, eu sou o que o outro é, somos pessoas de erros e acertos e abertos a grandes mudanças. O amor é sincero, não engana, não há duplicidade no amor, é apenas amor e ponto final. Quem ama não exige o que não venha somente pelo amor, o amor não manipula, nao "força a barra."
·         No se entende que: As vezes não adianta discursos a quem se distancia  de você, deixe-o livre, ore por ele, ame-o, procure entender tudo que esta por detrás disso e espere, um dia, ele "cairá em em si" e voltará, e quando voltar, não o julgue, não jogue na cara nada, continue sem os "discursos", apenas o abrace e o ame e o restaure para integração do seu meio. Foi assim que o Pai do filho pródigo fez e deu certo. É assim que Deus faz. A dor da vida ensina as pessoas qual é o melhor lugar para se estar.
Quem ama não consegue deixar de amar. O amor fragiliza a pessoa. Faz com que ela ceda, volte atrás, insista, invista, quem ama não consegue excluir da sua vida a pessoa amada, ela apenas entrou para ficar.
“Por um breve momento te deixei, mas com grandes misericórdias te recolherei;
Com um pouco de ira escondi a minha face de ti por um momento; mas com benignidade eterna me compadecerei de ti, diz o Senhor, o teu Redentor.”
Isaías 54:7-8                          
Quem ama não consegue ficar muito tempo longe da pessoa amada, sente sua falta, seu cheiro, seu toque, seu falar....quem gosta de nutrir, cultivar seu amor todo dia.
Quem sente saudades...quem é o primeiro a querer dar o bom dia e o ultimo a dar um boa noite quando a pessoa já esta dormindo sem nem ver e ele zela pela sua vida. Quem ama Faz plantão de oração e apreciação da pessoa amada. “Tudo sofre, tudo crê, tudo espera, tudo suporta.”
O amor faz com que a gente esteje com o outro. Deus é amor e decidiu ser conosco sempre, já tem moradas para nós lá, guardadas, Ele ama, Ele deseja estar conosco sempre, Ele ama nossa companhia apesar de ser Deus e nós sermos o que somos, mas Ele é amor, e não nega a si mesmo. Deus não faz nada que contrarie o amor, ele é amor.

·         Quem ama inclue a pessoa amada em seu espaço e não somente inclue mas cuida bem, muito bem, se preocupa com seu bem estar, quer o melhor para a pessoa amada, mesmo que com isso torne-se um chato. Quem ama enche o saco mas por amar.
Em provérbios 3 diz que:
Meu filho, não se esqueça da minha lei, mas guarde no coração os meus mandamentos, pois eles prolongarão a sua vida por muitos anos e lhe darão prosperidade e paz.
Que o amor e a fidelidade jamais o abandonem; prenda-os ao redor do seu pescoço, escreva-s na tábua do seu coração.
Então você terá o favor de Deus e dos homens, e boa reputação.
Confie no Senhor de todo o seu coração e não se apóie em seu próprio entendimento;
reconheça o Senhor em todos os seus caminhos, e ele endireitará as suas veredas.
Não seja sábio aos seus próprios olhos; tema ao Senhor e evite o mal.
Isso lhe dará saúde ao corpo e vigor aos ossos.
Honre o Senhor com todos os seus recursos e com os primeiros frutos de todas as suas plantações;
os seus celeiros ficarão plenamente cheios, e os seus barris transbordarão de vinho.
Meu filho, não despreze a disciplina do Senhor nem se magoe com a sua repreensão,
pois o Senhor disciplina a quem ama, assim como o pai faz ao filho de quem deseja o bem.
Provérbios 3:1-12
·         Amar é você ter seu espaço e abrir lugar para o outro estar também, amar é abiri mão de algo que é nosso, amar corre riscos.
Aqui percebemos algo que aconteceu com nosso Deus. Ele criou a terra de forma linda e poética, era seu espaço, criado por Ele, dEle e por amor cria o homem e o inclui dentro de seu espaço. Com o tempo o homem começa a querer todo o espaço excluir Deus do lugar, levaram Ele a cruz, dizendo : você não cabe neste meu espaço. O que é dono do espaço, cedeu seu espaço, agora é excluído do próprio espaço.


Aprenda a amar com o Deus de Amor.